Serviços

Imposto de Renda na Espanha

Procedimentos da Declaração de Imposto de Renda na Espanha

Desde o dia 01/04/2020 nós da Espanha Fácil começamos com a campanha da renda realizando as devidas análises e apresentações dos impostos de renda que fazem referência ao ano 2019.

Se considera que um estrangeiro ou espanhol é residente fiscal na Espanha quando ocorre uma das seguintes características:

  • Se considera que uma pessoa tem residência fiscal na Espanha quando permanece mais de 183 dias durante o ano natural em território espanhol. As ausências esporádicas que uma pessoa pode ter nesse período não são levadas em consideração.
  • Quando estabelece na Espanha o núcleo principal de interesse ou a base de suas atividades ou interesses econômicos de forma direta ou indireta. A lei espanhola indica que o núcleo principal de interesse é o território espanhol quando o cônjuge, não separado legalmente, e os filhos menores de idade que dependam economicamente do contribuinte possuam sua residência habitual na Espanha.

Um ponto à destacar é o fato de o contribuinte não permanecer mais de 183 dias em território espanhol e possuir o seu centro de interesse vital na Espanha nesse caso o mesmo terá a consideração de residente fiscal na Espanha e deverá apresentar o imposto de renda neste país.

Autorização de residência x legislação fiscal:

Muito importante comentar que a legislação fiscal não tem em conta a tipologia de autorização de residência que possui o estrangeiro na Espanha.

O critério é bastante claro, pelo fato de residir mais de 183 dias durante o ano natural na Espanha a legislação considera que o contribuinte é residente fiscal e consequentemente deve pagar por todos seus impostos na Espanha independente de que esta residência seja de caráter temporal ou permanente ou que permita ou não trabalhar.

Muitos estrangeiros pensam que pelo fato de ter um visto de estudante (estadia) não estão obrigados a apresentar seu imposto de renda em território espanhol.

Caso o estudante ultrapasse o período de 183 dias por ano natural a apresentação do imposto de renda deve ser realizada em território espanhol.

Outra consulta bastante habitual que recebemos estão relacionadas as residências não lucrativas. Estas, como o próprio nome indica, não permite trabalhar, ou seja, exercer uma atividade lucrativa em território espanhol.

Outrossim, o estrangeiro que possui uma residência não lucrativa está obrigado da mesma forma a apresentar seu imposto de renda na Espanha pelo mesmo argumento de permanecer mais de 183 dias em território espanhol.

Independente do tipo de residência que possui o estrangeiro o mesmo deve ser consciente que deve tributar no território espanhol quando se cumpra o requisito de mais de 183 dias de residência na Espanha ou que o centro de suas atividades econômicas esteja na Espanha.


Todas as pessoas que residam mais de 183 dias em território espanhol por ano natural estão obrigadas a apresentar o imposto de renda na Espanha?

A condição de residente ou de não residente deve ser considerada por separado da obrigação de apresentar as declarações na Agência Tributária espanhola. Pode ocorrer a situação de um contribuinte residente fiscal na Espanha, esteja isento de apresentar a declaração pelo fato de que sua renda anual mundial seja inferior ao que estabelece a legislação espanhola. E um não residente, pode estar obrigado a apresentar sua declaração em território espanhol.


Dupla tributação

Nos casos que a receita federal de outro país o considere residente fiscal ali, ao mesmo tempo que a Agência Tributária espanhola também o considere, devemos analisar o Convênio existente entre ambos países para evitar a dupla tributação internacional.

Normalmente, esses convênios estabelecem que quando uma pessoa seja considerada residente nos dois países, deve entender que será residente no país onde possui uma casa a sua disposição. Se esta pessoa possui uma casa nos dois países, devemos levar em consideração o critério do centro de interesse vital.

Imprescindível destacar que se já foram pagos impostos no país de procedência, mas a pessoa é residente fiscal na Espanha, temos que aplicar, por um lado o convênio de dupla imposição entre ambos países e adicionalmente aplicar a dedução de dupla imposição internacional aplicável nos modelos de imposto de renda na Espanha.

Isso quer dizer que se já pagamos um 15% de imposto no país de procedência e na Espanha a taxa do imposto aplicável é de 21% só teremos que pagar a diferença que nesse caso seria de 6%.

Um outro exemplo, se tivéssemos pago 21% no país procedente e a tributação na Espanha é de 19%, não teríamos o direito de devolução por parte do governo espanhol, mas apresentando o imposto de renda na Espanha estaríamos em dia com a Receita Federal espanhola e não haveria a necessidade de abonar nenhuma quantidade ao fisco espanhol.


Até quando posso apresentar meu imposto de renda na Espanha?

Se pode apresentar o imposto de renda 2019 na Espanha desde 01 de abril de 2020 até 25 de junho de 2020.


Como se realiza a apresentação?

A apresentação realizamos de forma telemática através do certificado profissional que nos outorga o governo espanhol. Espanha Fácil dispõe de contadores habilitados na Espanha e no Brasil especialistas em fiscalidade espanhola, brasileira e internacional.


É obrigatória a apresentação todos os anos?

Sim, sempre e quando a sua renda mundial seja superior ao importe que estabelece a legislação espanhola.

Entre em contato com a Equipe Espanha Fácil, analisaremos seu caso em detalhe e caso seja necessário realizaremos a apresentação do imposto de renda na Espanha.

Contato

Quer Contratar Nossa Assessoria?

Entre em contato pelo WhatsApp, telefone, e-mail ou pelo formulário. É só preencher e escolher um dos nossos serviços. Responderemos o mais breve possível.


Telefones
+34 91 451 5021 +55 11 3197 4943

E-mailequipe@espanhafacil.com
WhatsApp
+34 91 441 5094 (10h às 19h)

    153 Comments

    1. Jessica disse:

      Olá.
      Tenho uma dúvida similar a do João Guilherme.
      Tenho uma empresa no Brasil que presta trabalho para os Estados Unidos. Penso em me mudar para Barcelona.
      Minha esposa tem passaporte europeu e pagaria os impostos dela lá.
      Eu já pago imposto sobre os valores emitidos na minha empresa no Brasil. Terei que pagar a diferença de impostos entre brasil e espanha?

    2. Yann Sèvegrand disse:

      Um trabalhador transfronteiriço, funcionário público em Portugal, pode ter residência em Espanha. Em caso afirmativo onde paga os impostos e com que taxas?

      • Espanha Fácil disse:

        Olá Yann,
        Sou Janaina da equipe Comercial da Espanha Fácil, um prazer receber a sua solicitação.

        Para ter uma residência legal na Espanha você precisa ter um contrato de trabalho de uma empresa espanhola ou prestar atividade econômica na Espanha.

        Sobre o tema de imposto (fiscal) teria que realizar uma consulta com nossa especialista para esclarecer suas dúvidas em específico.

    3. João Guilherme disse:

      Olá.
      Tenho uma empresa no Brasil que presta trabalho para os Estados Unidos. Também tenho cidadania italiana e estou planejando de me mudar para Barcelona.
      Hoje já pago imposto sobre os valores emitidos na minha empresa no Brasil. Como funciona para utilizar saude e educação publica na espanha? Terei que pagar imposto dobrado? Ou terei que mudar minha empresa para a Espanha?

    4. Adriano disse:

      Olá, boa tarde.

      Me mudei para a Espanha no ano passado, e tenho algumas duvidas. Poderiam entrar em contato por favor?

      Obrigado,
      Adrino.

    5. Fernando Aidos disse:

      Boa tarde,

      A minha declaração de impostos em Espanha já vem preenchida com o dinheiro que recebi em Espanha, mas eu também recebi uma quantia de um trabalho realizado em Portugal. Como posso incluir este valor?

      Atentamente

      Fernando

    6. Alan disse:

      Boa tarde,

      Tenho dupla nacionalidade (Brasil e Espanha) e atualmente moro no Brasil.

      Consegui uma proposta de emprego espanhola para trabalhar de maneira remota do Brasil.
      Vou receber meu salário na minha conta espanhola e será descontado o IRPF de acordo.

      Minha pergunta é, ao transferir meu salário para minha conta no Brasil, terei q declarar também o IR Brasileiro?
      Estou em dúvida de como declarar meu salário no exterior.

      Grato.

    7. Marius Dima disse:

      Olá boa tarde, estou a trabahar em Espanha mas vivo em Portugal,em Espanha paguei 1500€de IRPF é depois quando fiz o IRS em Portugal chegou me por pagar mais 1200€,a minha pergunta é porque tenho que pagar em dois lados? É s posó pedir reembolso de España o Portugal uma vez que estou pagando em los dos países?

    8. Ricardo Silva disse:

      Boa tarde,

      Trabalho em Inglaterra (à 8 anos) mas a empresa para a qual trabalho tem filial em Espanha e permite-me mudar para Espanha. No entanto, a minha ideia era residir em Portugal e ir a Espanha / Inglaterra esporadicamente (80% do meu trabalho é remoto).
      Para a empresa penso que tenho que ter uma morada em Espanha (para conta bancária, contrato se trabalho, segurança social, etc) mas gostava saber onde pagaria os impostos (imposto de renda/IRS)?
      Posso ser considerado trabalho transfronteiriço e pagar IRS apenas em Portugal? E a segurança social? Teria na mesma direito ao regime the residente não habitual em Portugal?
      Obrigado.
      Atenciosamente,
      Ricardo Silva

    9. Tiago disse:

      Boa tarde,

      Sou portugues e recentemente tive uma proposta de trabalho para trabalhar em portugal, ams neste caso a empresa fica a 5 km de espanha.
      Dizeram me que se tivesse residencia em espanha teria beneficios, na qual a empresa do meu salario bruto retivara 11% para a segurança social portuguesa e o restante valor era devitado na minha conta.
      A minha dúvida deve-se ao facto do IRS! Percebi que não vou ter dupla tributação claro, mas como vou declarar impostos visto que a empresa sugeriu ter residencia em espanha e apenas desconta para a segurança social.
      Por ser trabalhador transfronteiriço estou isento de IRS tanto na espanha como em Portugal? Vou chegar ao fim do ano, e por ter residÂncia espanhola terei de descontar tudo de uma vez??
      Obrigado!

    10. Delzuila Aparecida de Souza Martins disse:

      Bom dia,
      Tenho uma dúvida.Moro na Espanha há 9 anos e desde então não declarei imposto de renda no Brasil, também não comuniquei minha saída definitiva. Tenho nacionalidade espanhola também e aqui declaro imposto de renda. Eu preciso fazer algum trâmite no Brasil?

    11. Ricardo Ellery Girão Barroso disse:

      Esqueci de dizer boa-noite. Por gentileza, responda a minha pergunta enviada anteriormente. Agradeço pela atenção.

    12. Ricardo Ellery Girão Barroso disse:

      Sendo isento do pagamento de imposto de renda aqui no Brasil, tal isenção seria válida em território espanhol caso me mudasse para a Espanha?

    13. Lais disse:

      Olá,

      tenho a mesma dúvida dos colegas abaixo. No caso do acordo entre Brasil e Espanha, se a alíquota que pago aqui é de 24%, precisaria pagar os 3,5% de diferença no momento que declaro no Brasil?

    14. Susana disse:

      Boa tarde! Vivo em Portugal mas gostaria de me mudar para Espanha. Temos passaporte Portugues.
      Mais valias fora da Espanha, com Lei Beckham sao taxadas a quanto? Tem escalões?
      Vale mais a pena termos residência em Portugal?
      Tenho negocios em Portugal, mas quero viver em Madrid.

    15. Franciele disse:

      Meu nome Franciele!
      Vivo em madrid fazem 4 anos. Contratei os serviços España “Facil”, para tramitar o tão sonhado documento.
      Não foi nada do que eu imaginei. Parabéns aos vendedores porque pra vender são excelentes, mas depois que eu e o meu esposo pagamos os serviços (paguei tudo a vista) o desserviço começou. Infelizmente vcs são uma empresa que querem pegar todos os processos do mundo mas esquecem que nao tem funcionários pra dar conta, não é mesmo?
      Eu e o meu esposo Maicon nos sentimos lesados por vcs, um total caos. Tentei varias vezes entrar em contato com a (Funcionária Pricila) e ela mal respondia( também coitada eu entendo a situação dela, querem por uma tonelada nas costas da coitada). Quando a gente contrata um advogado é porque não sabemos fazer o tramite e confiamos no trabalho de vcs. Vcs não são pessoas acessíveis, tudo é difícil e nunca conseguiram tirar nenhuma dúvida minha. Bom, a coisa foi indo e vcs só atrasaram a minha vida e me fez perder dinheiro. (Eu desisti do processo e vcs não me reembolsaram 1 centimo). Depois que eu desisti do contrato busquei uma advogada que se preze que resolveu meu caso sem nenhuma dor de cabeça e eu nao precisei correr atrás de nada e meu documento saiu em 5 meses. Detalhe: saiu o meu e o do meu esposo juntos. Isso sim é ser advogado de verdade.
      Vcs deveriam pensar mais no próximo e parar de atolar os funcionários de vcs. A sensação que eu tenho é que tem mais funcionários pra vender do que pra resolver os processos. Aprendam a caminhar com o tamanho da perna de vcs e parem de lesar as pessoas. Esse depoimento é pra que as pessoas vejam que vcs de fácil não tem nada, e que não caiam no mesmo prejuízo que eu e o meu esposo tivemos.

    16. Maicon Jonathan disse:

      Vivo em madrid, procurei a Espanha fácil para asesorar na entrada do arraigo social meu e da minha esposa.
      Investem muito nas redes sociais, divulgação, mostram uma coisa e são outra, não ajudam em nada , difícil comunicação, para vender o serviço são atenciosos, mas para asesorar, esclarecer dúvidas deixam a desejar, paguei avista os dois processos, depois sumiram, perguntei por varias vezes sobre os passos do processos e nunca sabia de nada, ate mesmo para tirar dúvidas sobre como seria.
      Eu tive que correr atrás de cita, tive que dar meus pulos para buscar assistente social.
      Deixam os clientes a desejar.
      Por isso desisti e busquei outra assessoria.
      Deixo aqui minha insatisfação, pela falta de respeito e consideração pelos seus clientes.
      Acho que deveriam investir menos nas redes sociais e mas na oficina, pois pecam nessa parte.

    17. Mirna Caballero Pla disse:

      Bom dia! Gostaria de pedir informações a respeito de comprar uma casa na Espanha. Tenho dupla nacionalidade e já fui residente na Espanha por 13 anos e agora pretendo voltar novamente. Muito obrigada.

    18. Elton Rodrigues Teixeira Lima disse:

      Boa tarde, tudo bem? Tenho alguma dúvidas, se puder me ajudar agradeço muito, um amigo tem dupla cidadania (brasileira e espanhola) e têm residência fiscal nos 2 países, está a 2 anos na Espanha e durante esse período nunca recolheu impostos no Brasil, sei que na Espanha o imposto de renda é 24% e no Brasil é 27,5%, então minha pergunta é se ele tinha que ter recolhidos essa diferença de 3,5% durante esses 2 anos que esteve na Espanha? Se ele pode fazer a declaração de imposto de renda retificadora agora? O que ele deve fazer na Espanha? Se tem alguma providência que ele tem que tomar? E se ele pode ser enquadrado em alguma sanção? Desculpa pelo monte de perguntas, é que acho o tema muito interessante também, sei que tem um tratado entre Brasil e Espanha para evitar a bitributação e a evasão fiscal mas não sei como funciona na prática, ou se esse tratado prescreve (sabe me dizer?), desde já agradeço
      Obrigado

    19. Cauê Parise Cordeiro disse:

      Prezados, boa tarde.

      Vocês poderiam me tirar umas dúvidas?

      A pessoa mora na Espanha e possui dupla residência fiscal (Brasil e Espanha), recolhendo 24% de Imposto de Renda na Espanha, nada recolhendo ao Brasil. Quando voltar ao Brasil precisaria ter recolhido a diferença de 3,5% de todo o período que morou na Espanha? Deve fazer declaração de IR Retificadora?

      Muito obrigado.

    20. rafael disse:

      Boa tarde. Vou passar mais de 183 dias na Espanha em 2023. (Abril – outubro) Vou transferir via banco meus rendimentos do Brasil para Espanha (conta em banco Espanhol – Openbank)
      Devo declarar imposto de renda?

      Obrigado

    21. Harlyson disse:

      Olá, sou servidor público federal e trabalho remotamente. Por isso, penso em residir na Espanha. Gostaria de saber se a alíquota para o imposto de renda retido na fonte aqui no Brasil muda se eu mudar minha residência fiscal para a Espanha e se precisarei pagar algo extra para a receita espanhola também. Grato pela atenção!

    22. Edgar Correia disse:

      Boas, preciso de ajuda!
      Comecei em Março de 2022 a trabalhar para uma empresa Espanhola mas no entanto trabalho na Bélgica, pelo o NIE para não residente. Ate ai tudo ok, tratei da documentação necessária.
      Agora tenho de fazer o meu IRS em Portugal porque trabalhei ate Fevereiro de 2022 em Portugal, mas não sei como tenho de fazer em Espanha.
      Qual a maneira correta de o fazer. Visto também ainda estar na Bélgica. Alguma forma online de o fazer ou tenho de ir a Espanha entregar em papel ou mesmo um Embaixada de Espanha aqui na Bélgica?
      Agradeço no que me poderem ajudar.
      Cumprimento.

    23. Barbara. disse:

      Tenho visto de Residência Não Lucrativa na Espanha desde Março de 2022 e não trabalho por que meu NIE não me autoriza trabalhar. Tinha entendido que sem receber nada de renda na Espanha eu só precisaria declarar imposto do ano fiscal de 2022 no Brasil afnal não fiz saída definitiva de lá…Mas pelo que estou lendo pelos critérios de vocês por estar mais de 183 dias naturais aqui na Espanha sou considerada residente fiscal na Espanha tmbém(mesmo sem nada de renda aquí). A empresa de vocês me ajudaria para avaliar como não ter a tal da Bitributação e tbmém pode fazer minhas declarações de imposto no Brasil e na Espanha durante o mês de ABRIL? Abçs, Barbara.

    24. Jose disse:

      Moro e trabalho na Espanha mas declaro renda no Brasil. Como faço para pedir esta compensação de tributação aqui na Espanha? Ou seja, pagar apenas o excedente de imposto, em relação a o que eu já pago no Brasil?

      Obrigado!

    25. yolanda disse:

      Bom dia,
      meus rendimentos de salário são tributados diretamente na fonte no Brasil. Qual tributação pagarei na Espanha em caso de estabelecer moradia lá, uma vez que a tributação aqui no brasil é acima de 21%, uma vez que há o convênio para tratar da dupla tributação internacional?

    26. mauricio disse:

      boa noite,

      tenho interesse em aplicar o visto para residencia nao lucrativa espanhol, mas essa questao tributaria eh mesmo significante. sou aposentado no brasil (inss e previdencia privada) e isento de pagamento de imposto por molestia grave. pergunto se serei obrigado a declarar meus rendimentos aqui do brasil e, consequentemente, pagar imposto de acordo com a tabela progressiva espanhola e como o acordo bilateral poderah minimizar essa cobranca.

    27. Boa noite. O meu namorado começou a trabalhar em Espanha no início do ano anterior e precisava de fazer o IRS este ano. No entanto, a contabilista que costuma ir à empresa fazer o IRS dos trabalhadores disse que ele tinha de ir buscar uma declaração à polícia para a mesma conseguiu buscar a declaração. No entanto ele não conseguiu lá ir e a declaração deste ano ficou por fazer. O que se pode fazer?

    28. José Roberto disse:

      Moro no Brasil e tenho cidadania espanhola, irei mudar em marco para a espanha, em
      Portugal brasileiros tem uma isenção de imposto para enviar dinheiro para portugal por 10 anos, sem pagar nada de imposto na entrada do capital em portugal, após 10 anos paga 24% sobre qq valor que entre na minha conta vindo do Brasil
      Na Espanha tem alguma isencao? Se sim por quanto tempo?
      Se nao, qual a taxa que preciso pagar quando o dinheiro entrar na minha conta na espanha?

    29. Jessica Fernandes disse:

      Olá! Morei e trabalhei na Espanha entre Abril de 2017 e Agosto de 2018. Nesse período trabalhei com uma consultoria paga pela minha empresa que fez minha declaração de renda. Hoje moro nos Estados Unidos e descobri sem querer que a Agencia Tributária encontrou uma irregularidade na minha declaração de renda para o ano de 2017 e estou devendo mais de 4 mil euros. Não entendo o que possa ter acontecido, já que confiei na consultoria. O que posso fazer para descobrir mais detalhes e regularizar minha situação? Obrigada!

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Jéssica, boa tarde!

        Agradecemos seu contato.

        A sua mensagem já foi respondida por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil te deseja um bom dia!

        Atenciosamente,

    30. Carolina disse:

      Olá!
      Vivo a 4 anos na Espanha e nunca precisei fazer a declaração de importo de renda pq meus ganhos não ultrapassam o teto, mas venho transferindo dinheiro da minha conta daqui para minha conta do Brasil e aplicando em titulos do tesouro Brasileiro, e agora entendo que no proximo ano preciso declarar.
      Vcs me ajudariam nesse caso?

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Carolina, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    31. Rodrigo disse:

      Ola bom dia!

      Tenho uma dúvida. Estou na espanha desde Janeiro de 2022 e agora no final de Setembro volto para o Brasil.

      Entendo que terei que declarar em 2023 o imposto de renda referente aos meses que fiquei como residente fiscal.

      Essa declaração pode ser feita online? Preciso declarar a Saida da Espanha ou não seria necessário, uma vez que não fiz a saída do Brasil.

      Obrigado

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Rodrigo, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    32. António disse:

      Olá. Eu e a minha esposa somos reformados em Portugal e estamos a pensar comprar casa no sul de España, solicitar a residência e viver aí a maior parte do ano. Gostaria que me orientassem sobre a politica fiscal e de saúde. Ambos temos sistemas de saúde privados e públicos e a utilização de serviços espanhóis será suportada ao abrigo dos acordos europeus e dos nossos sistemas privados. Podem me informar ou dar um site onde possa colocar as questões online? Att.

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Antonio, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    33. Anita disse:

      Pensão alimentícia de menores incide quantos %de impostos na Espanha para quem recebe?

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Anita, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    34. Anita disse:

      Viver na espanha tendo rendimentos no Brasil com impostos já recolhidos no Brasil. Como calcular o imposto?

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Anita, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    35. Luis Landeiro disse:

      Olá
      Sou residente e trabalho em Portugal, estou a pensar comprar uma casa em Espanha, para Alugar/Arrendar no verão
      actualmente faço IRS em Portugal com rendimentos Categoria A e B isentos de IVA

      1- Se alugar a casa à semana com um anuncio próprio da mesma na Internet, tenho de abrir actividade e passar recibos verdes electrónicos?
      2- Se fizer um contrato de exploração com uma agência imobiliária Espanhola (por ex: 3 meses) por um valor global de X por mês, é considerado arrendamento? e preciso de abrir actividade?
      3- Sendo que o imóvel é em Espanha onde são declarados os rendimentos nos 2 casos acima descritos?
      4- Em ambos os casos as facturas e recibos (receitas e despesas) vêm com o meu NIF Português ou com o NIE Espanhol?
      5- E as despesas de um contrato de Agua, Luz, Internet? NIF ou NIE?
      6- Se fizer obras de remodelação, (Pinturas, troca de janelas, troca de pavimento, armários de cozinha e wc novos) são dedutíveis no lucros? e em que NIF ou NIE?
      Cumprimentos
      Luis

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Luis, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    36. Pedro disse:

      Poderiam-me informar qual a taxa dos encargos patronais relacionados com a Segurança Social em Espanha? Em Portugal é 23,75% mas pretendo saber a de Espanha.
      Obrigado

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Pedro, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente

    37. Vincenzo disse:

      Boa noite,

      sou isento de pagar o IR no Brasil por ser portador de doença grave segundo a Lei nº 7.713. Estou atualmente tramitando residência não lucrativa para me mudar em novembro para a Espanha. Estou certo em pensar que serei tributado na Espanha em 2023 ja que não há reciprocidade da mencionada lei de isenção?

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Vincenzo, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    38. Humberto disse:

      Bom dia, sou portugues e comecei a trabalhar em uma empresa espanhola mas em africa , tenho residencia em espanha e a empresa paga meus descontos em espanha, devo fazer o irs em espanha ou em portugal ou tenho de fazer em ambos?

      Obrigado

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Humberto, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    39. Bruno Lourenço disse:

      Bom dia tenho vários anos trabalhados em espanha e possível levantar meus fundos .

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Bruno, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    40. Victoria Cunha disse:

      Oi pessoal! Estou indo para a Espanha com contrato de trabalho, e meu namorado, que tem cidadania européia, irá também se mudar comigo. No entanto, ele pretende continuar trabalhando para a empresa brasileira dele, recebendo em reais. Ele muito provavelmente será considerado residente nos dois países, pois virá a trabalho ao Brasil de 3 em 3 meses, tendo casa à disposição no país.

      Venho pesquisando sobre o acordo de dupla imposição e, se eu entendi bem, ele tendo um um domicílio nos 2 países, pagaria o imposto somente em 1 país? Caso seja decidido que o país em que ele deve declarar é a Espanha e, como é dito no post, se ele já declarou imposto no Brasil de 15% e na Espanha é de 21%, ele não pagaria MAIS 21%, apenas o adicional de 6%. É isso?

      Como sabemos qual país ele deverá declarar o imposto? Conseguem nos ajudar com essa questão?
      Muito obrigada!

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Victoria, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou te enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    41. Ricardo disse:

      Boa tarde Equipa,

      Estive a trabalhar em Espanha de 2019 a 2020, queria saber se é possível receber o valor dos impostos retidos no País? e se sim como poderei submeter o pedido? Obrigado.

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Ricardo, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Te enviamos as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    42. Eduardo disse:

      Olá Equipa.

      Eu e a minha namorada (ambos portugueses ) fomos no verão do ano passado para Ourense trabalhar. Estivemos lá cerca de 3 meses e gostaríamos de saber se é possível recuperar os impostos retidos nos nossos recibos. Se for possível de que forma podemos submeter esse pedido? grato.

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Eduardo, boa tarde!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou te enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato.

        Atenciosamente,

    43. Joaquim Bóia disse:

      Entre 03/2006 y 2011 trabalhei en Espanha.. Como puedo consultar os rendimentos obtenidos durante essos anos. Gracias

      • Rose - Espanha Fácil disse:

        Olá Joaquim, bom dia!

        Agradecemos o teu contato.

        Vou te re-enviar as informações por e-mail.

        A Equipe Espanha Fácil agradece seu contato

    44. Andre disse:

      Olá

      Se eu permanecer mais de 183 dias durante o anual natural na Espanha, terei que pagar imposto dos meus rendimentos obtidos do Brasil mesmo mantendo um domicílio fiscal em Portugal?
      Sou cidadão Português e aderi ao estatuto do Residente Não habitual (RNH) português.
      Obrigado.